curiosidades

 
postagem

Falece João Filgueiras Lima, o Lelé

Em 21 de maio, um dos dos maiores ícones da arquitetura brasileira, João Filgueiras Lima, nos deixou. Considerado por Lúcio Costa um dos três mais importantes nomes da Arquitetura Modernista Brasileira, “o arquiteto onde a arte e tecnologia se encontram e se entrosam – o construtor”, Lelé faleceu esta manhã em Salvador, após dois meses de internação.

Nascido no Rio de Janeiro e radicado em Salvador, Lelé deixa um grande legado de obras por todo o país. Seus projetos transformaram o olhar dos arquitetos, envolvido em componentes industriais para obras em grande escala, criando edifícios mais funcionais dentro do formalismo presente na arquitetura modernista brasileira e sempre preocupado com a escala humana.

Lelé estava há longo tempo enfermo em decorrência de um câncer. Seu corpo será velado na Igreja do Centro Administrativo da Bahia e depois transladado para Brasília, onde ocorrerá o sepultamento, na ala de pioneiros do Cemitério Campo da Esperança. Natural do Rio de Janeiro, tinha 82 anos. Ainda este ano,  o arquiteto será homenageado na Bienal de Arquitetura de Veneza.

curiosidades

 
postagem

São Paulo é a capital líder em construções sustentáveis

A cidade de São Paulo há tempos é a capital brasileira dos negócios, da gastronomia e da moda. Com o passar dos anos tornou-se, também, a capital da construção sustentável no País. Nesse cenário, a cidade obteve, este ano, destaque para mais um de seus pontos altos e foi reconhecida como principal polo de empreendimentos sustentáveis da América Latina.

De acordo com números divulgados pelo Green Building Council (GBC) Brasil, mais de 11% dos 1.765 empreendimentos que foram registrados na América Latina em busca do selo LEED estão localizados na capital paulista. Já os números de empreendimentos certificados pela instituição, mostram um resultado ainda mais representativo: das 254 construções certificadas em toda a América Latina, 18% estão em São Paulo. O mesmo levantamento aponta uma liderança ainda maior dentro do País. Desde o início da certificação LEED no Brasil, foram registrados 769 empreendimentos, dos quais 195 estão localizados na capital, o que corresponde a 25% das construções  cadastradas. Em relação ao número de empreendimentos que já obtiveram o selo LEED, considerando dados coletados até o mês de julho deste ano, no País somam-se 109 construções certificadas, sendo que 43% estão na cidade.

O número de projetos certificados no País cresceu expressivamente, registrando nos primeiros meses de 2013 um aumento de 16% em relação ao mesmo período do ano passado. Diante desse cenário, o Brasil vem se destacando mundialmente e, este ano, subiu mais um degrau rumo à liderança mundial em construções sustentáveis. Atualmente, o País já ocupa o quarto lugar no ranking mundial de construções verdes e vislumbra atingir o terceiro lugar até o final deste ano, o que significaria ultrapassar os Emirados Árabes e ficar atrás apenas dos EUA e da China.

Os números da capital paulista são representativos devido ao tamanho do seu mercado imobiliário, mas poderiam ser ainda maiores se houvesse, em São Paulo, os mesmos incentivos de legislações voltadas à construção sustentável que ocorrem no Rio de Janeiro, cidade que hoje se destaca no mercado por ações de estímulo.

Com o objetivo de fortalecer cada dia mais as cidades sustentáveis, o GBC Brasil, em parceria com a UNICID e o INBEC, lançou um novo curso de MBA em Cidades, Bairros e Condomínios Sustentáveis, que visa preparar profissionais e gestores públicos nas áreas de planejamento, desenvolvimento, projeto e gestão urbana para promoverem soluções e iniciativas voltadas ao crescimento sustentável das cidades.

Um dos desafios deste século, não apenas para as grandes cidades, mas também para as médias e pequenas, é o planejamento apropriado para o desenvolvimento urbano, de forma que ele seja sustentável, proporcionando a geração de riqueza e qualidade de vida aos habitantes. É, portanto, a vez e a hora de projetarmos cidades para as pessoas que nelas vivem.

Fonte: Revista Green Building

(11) 3050 2060 | (21) 2586-6101

abrir contato selo contato